fbpx

Painel10 Consultoria E-commerce

Consultoria de E-commerce: Responda estas 7 Perguntas antes de contratar

Compartilhe
Categorias

Se você está no comércio eletrônico, parece que sempre há ajustes para atrair mais clientes. A contratação de uma consultoria de e-commerce pode aumentar suas chances de sucesso ao implementar essas estratégias. No entanto, navegar nessas águas e encontrar uma correspondência com o ajuste e o preço do projeto pode ser complicado. Aqui estão as perguntas que você deve fazer antes de contratar uma consultoria de e-commerce:

1. Quanto de crescimento acredito ser possível nos próximos 12 meses?

Explicar sua expectativa de crescimento significa uma maior possibilidade de contratar um consultor que estará na mesma página. Se você acha que um crescimento de 100% é possível e o consultor espera oferecer 20%, então sabe que eles provavelmente não se encaixam.

Se não tiver certeza do quanto acha que pode crescer em um ano, observe a média do seu setor. Se você não conseguir encontrar isso, procure outras empresas em seu mercado. Dê uma olhada na sua infraestrutura. Considere o quanto você pode escalar com base no fato de sua empresa ser baseada em produtos ou serviços.

2. Eu já sei o problema que quero resolver?

Traga os problemas que você deseja que um consultor resolva, mas permaneça flexível na solução. Os consultores saberão mais sobre onde você pode fazer melhorias. É por isso que você os está contratando. Mantenha a mente aberta, especialmente quando os consultores lhe mostrarem uma solução que não é ortodoxa ou diferente da sua visão original.

Lembre-se: os consultores de e-commerce costumam gastar dinheiro para resolver problemas, enquanto o cliente (você) tende a preferir soluções que não custam muito. Desconfie de soluções muito caras, mas também entenda que você precisa gastar dinheiro para ganhar dinheiro.

3. O que você espera que uma consultoria de e-commerce faça?

Expectativas irrealistas, de ambos os lados do relacionamento, são um problema comum na consultoria de comércio eletrônico. Em vez de esperar para fazer uma revisão no final do ano, defina claramente a função do consultor e faça benchmarks regulares. Se o projeto começar a sair do curso, você precisa decidir se acredita no processo do consultor. A partir daí, você pode optar por manter seu consultor atual e redefinir seus benchmarks, ou começar a procurar um consultor que seja mais adequado.

4. Qual é o seu orçamento para este projeto?

Encontre algumas consultorias de e-commerce e veja como eles cobram dos clientes. Peça propostas aos consultores com quem se encontra e escolha a melhor do grupo. Lembre-se de que tudo é negociável. Não seja um avarento, mas procure soluções criativas que funcionem para você e seu consultor.

 

5. Qual é o meu desejo com minha loja virtual?

Pergunte a si mesmo se você deseja executar um plano com base na documentação e orientação de um consultor ou se deseja dar as rédeas ao seu consultor. Disponha os produtos que você espera do seu consultor com base nisso.

Em qualquer relacionamento, haverá perguntas que aparecerão e tarefas ignoradas. Organize uma reunião ou teleconferência semanal para abordar esses assuntos antes que eles caiam nas fendas.

6. Quero me concentrar no crescimento da marca ou de vendas?

A resposta a esta pergunta é baseada principalmente em onde você está no ciclo da sua empresa. Se você é uma startup, vai querer se concentrar no crescimento da receita. Se você é uma empresa mais estabelecida, o crescimento dos resultados pode ser melhor considerando seus objetivos.

Independentemente disso, o crescimento da receita líquida é mais fácil de entender em um balanço. O objetivo é criar metas com base no lucro, mesmo que você não a veja no resultado final.

Por exemplo, aumente sua receita de primeira linha, mas opte por reinvesti-la em sua empresa, da mesma forma que a Amazon. Você aumentou seu crescimento de receita, mas não o verá nos resultados desde que o reinvestiu.

Como alternativa, você pode contratar uma consultoria de e-commerce  para entrar e cortar custos, aumentando seus resultados. Talvez eles vejam um lugar onde você pode reduzir os custos de marketing sem perder perdas nas vendas. Suas vendas de primeira linha não aumentarão, mas seu lucro líquido terá um bom aumento.

7. Estou disposto a gastar dinheiro para ganhar dinheiro?

Todos concordam com isso filosoficamente, mas quando chega a hora de preencher o cheque, ficamos nervosos e pensamos duas vezes porque não é garantido ganhar dinheiro no back-end. Reformule a pergunta para: “Você gastará $ X para possivelmente ganhar mais?”

 

O que achou da matéria? Faça sua avaliação

Nome
E-mail
Avaliação
Comente sua avaliação
Painel10 Consultoria E-commerce

Painel10 Consultoria E-commerce

Painel10 Consultoria em E-commerce mais de 15 anos atendendo o mercado digital e fomentando o comércio eletrônico.

Você precisa de ajuda?

Fale com um especialista em e-commerce